Fim de semana em SP tem agenda cheia

Segue na Choperia do Sesc Pompéia aquarta mostra do projeto Prata da Casa. A idéia é dar palco aartistas novos, que tenham, no máximo, um disco gravado (podemnão ter disco; a exigência é o talento). Com a mostra, o projetoencerra seu segundo ano de existência. Oito artistas foramselecionados para essa etapa, escolhidos entre os maisrepresentativos do quarto semestre do Prata.A retrospectiva começou na quarta-feira, com doisartistas mostrando seu trabalho a cada dia. Os de amanhã são a compositora carioca Suely Mesquita e o grupo mineiroTambolelê; sábado, é a vez da cantora paulistana Luciana Alves edo conjunto niteroiense Tio Samba. Assistir a esses espetáculoscorresponde a ver e ouvir o futuro da música brasileira de boaqualidade.Boa qualidade é a marca do trabalho dos irmãos Jean ePaulo Garfunkel, que lançam amanhã, na Fnac, o segundodisco, Com Pacto Duplo. Músicas deles foram gravadas porElis Regina, Zizi Possi, Pena Branca e Xavantinho e outrosgrandes nomes. Entre os destaques do repertório do novo CD, abelíssima toada Mazzaropi, canção cheia de carinho peloscaipiras de fato.No Sesc Vila Mariana, o barão vermelho Frejat fazshow-solo, amanhã e sábado, cantando os números famosos econhecidos de todos de seu repertório e as músicas de seuprimeiro (e único) disco-solo, Amor pra Recomeçar. Enquantoisso, mas só amanhã, os cantores Zé Renato e Renato Braz prestamhomenagem ao cantor Sílvio Caldas, no Sesc Ipiranga, dentro doprojeto Boteco do Cabral. A apresentação é do jornalista SérgioCabral, que lembra casos relacionados ao homenageado e à suamúsica. Vale lembrar que Zé Renato tem um disco em queinterpreta os clássicos do grande Sílvio Caldas.É bastante, mas não é só. Sábado, no Teatro Crowne Plaza, os mestres Monarco e Casquinha comandam roda de samba comparticipações de Paulinho da Viola, Elton Medeiros, Jair doCavaquinho, Nelson Sargento e Paula Lima. No domingo, repetem adose, no Memorial da América Latina, mas só eles. E só eles éainda o melhor do melhor do samba.Também no Memorial da América Latina, no domingo,estréia a Orquestra Jovem Tom Jobim, da Universidade Livre deMúsica. Dirigida pelo saxofonista Roberto Sion, a orquestra terácomo convidada especial a cantora Elza Soares.Ainda no domingo, na programação do Umes Cantarena,apresenta-se, no Teatro Denoy de Oliveira, o armorialistaAntúlio Madureira. No mesmo dia, Eduardo Gudin e Fátima Guedesoferecem, no Sesc Pompéia, a chance de rever (ou de conhecer,para quem perdeu) o lindo espetáculo Luzes da Mesma Luz.Antúlio Madureira. Domingo, às 21 horas. Entradafranca. Teatro Denoy de Oliveira. Rua Rui Barbosa, 323, tel. 251-3119.Eduardo Gudin e Fátima Guedes. Domingo, às 18 horas. DeR$ 5,00 a R$ 10,00. Teatro do Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93, tel.3871-7700.Frejat. Sexta e sábado, às 21 horas; edomingo, às 18 horas. De R$ 10,00 a R$ 20,00. Teatro do SescVila Mariana.Rua Pelotas, 141, tel. 5080-3000.Jean & Paulo Garfunkel. Sexta, às 19 horas.Entrada franca. Fnac. Avenida Pedroso de Morais, 858, tel.3097-0022.Monarco e Casquinha. Sábado, às 21 horas. R$ 20,00.Memorial da América Latina - Auditório Simón Bolívar. AvenidaAuro Soares de Moura Andrade, 664, tel. 3823-4600. E domingo, às 20 horas. R$ 20,00. Teatro Crowne Plaza. Rua FreiCaneca, 1.360, tel. 289-0985.Orquestra Jovem Tom Jobim. Domingo, às 19 horas.Memorial da América Latina - Auditório Simón Bolívar. AvenidaAuro Soares de Moura Andrade, 664,tel. 3823-46004.ª Mostra do Projeto Prata da Casa. Sexta e sábado, a partir das 21 horas. Choperia do Sesc Pompéia. RuaClélia, 93, tel. 3871-7700.Renato Braz e Zé Renato. Sábado, às 21 horas. De R$ 6,00 a R$ 12,00. Sesc Ipiranga. Rua Bom Pastor, 822, tel.3340-2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.