Fim de semana de muito reggae em SP

Diversidade de ritmos é o que sugere a programação musical do final de semana. Para todos os gostos, apresentam-se na cidade os grupos Skank, O Rappa e Negril, juntos na megaturnê Sempre Livre Mix. Também vão fazer shows em São Paulo a cantora mineira Ana Carolina e o percussionista da sucata Loop B.Skank e O Rappa sobem ao palco da Via Funchal atravessando ótimos momentos em suas carreiras. O Skank foi o vencedor na categoria Clipe Pop do Vídeo Music Brasil , da MTV, além de ter sido coberto de elogios da crítica e do público pelo mais recente álbum Maquinarama. Já O Rappa, foi o grande vencedor do evento da MTV Brasil. O videoclipe da música Minha Alma faturou seis prêmios, entre eles o cobiçado prêmio "escolha da audiência". Além disso, ambos têm realizado shows bem-sucedidos nas turnês individuais. O diferencial do Sempre Livre Mix é a apresentação conjunta que encerra o evento. "Vai ser uma jam session ensaiada em que todos estarão no palco", garante Henrique Portugal, tecladista do Skank.No repertório do encontro, Vapor Barato, Baixada News e Saideira. Uma homenagem ao "guru" Jorge Ben Jor também está prevista. Os cariocas do Negril abrem as noites mix tocando as músicas do segundo disco, que leva o nome da banda e tem produção assinada por Herbert Vianna, dos Paralamas do Sucesso.Revelação feminina da MPB em 1999, a cantora e compositora Ana Carolina faz no Tom Brasil apresentações comemorativas do primeiro Disco de Ouro da carreira. A intérprete foi chamada por Chico Buarque para participar de seu songbook cantando Mil Perdões e Eu te Amo, escolhidas pelo próprio. Rita Lee também é fã e a convidou para participar do show Meio Desleegada, no Metropolitan do Rio.Segundo a cantora, o repertório do show é composto por todas as vertentes e potencialidades de seu trabalho: da porção açucarada e afetiva de músicas como Garganta e A Canção Tocou na Hora Errada até o lado instrumentista visceral no qual ela empunha o violão e o pandeiro.Além das canções próprias, Ana Carolina apresenta versões para Retrato em Preto-e-Branco, de Chico Buarque e Tom Jobim, Beatriz, de Chico Buarque, Tudo Bem, de Lulu Santos, Perder Tempo com Você, de Alvin L. Textos expressivos pontuam o espetáculo que terá ainda um trecho de Prelúdio da Solidão, de Villa-Lobos.Nessa sexta, a choperia do Sesc Pompéia recebe a visita do impagável Loop B. O percussionista egresso da música industrial executa um híbrido de drum´n´bass e techno com instrumentos inimagináveis. Tanques de gasolina, painéis e portas de carro; máquinas de lavar, geladeiras e fogões são alguns dos suportes da música do artista.O show marca o lançamento do mais recente trabalho de Loop B, o CD De Onde, um registro da aproximação do artista com as manifetações da cultura brasileira. Prova disso são as faixas Carmen e Vivo, nas quais a sucata dialoga com o samba. O cruzamento com o baião pode ser notado em Brinquedo Antigo, Lua Cheia e Te Pego na Estação, com participação da cantora Stela Campos. Além dessa parceria com Loop B, Stela estará no palco da choperia interpretando o remix para a música tema do filme Baile Perfumado, composta por Fred 04.As outras participações especiais ficam por conta de Gigi Trujilo, que cantará releituras eletrônicas feitas por Loop B das músicas Taí e Vou Casar no Uruguai, imortalizadas pela voz de Carmem Miranda. O produtor e DJ Anvil FX e o grupo percussivo Taketededrums. Após a apresentação, a discotecagem dos DJs Ramilson Maia (techno e drum´n´bass), Tonyy (ethnogroove) e Marcos Z (eletro, anos 80) dará o tom.Ana Carolina. Sábado,às 22 horas e domingo,às 20 horas. De R$ 20 00 a R$ 45,00. Tom Brasil. Rua das Olimpíadas, 66, tel. 3845-2326. Patrocínio: Volkswagen, O Site e TransbrasilLoop B. Sexta, às 21h30. R$ 10,00. Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93, tel. 3871-7700Skank, O Rappa, Negril (sábado, na abertura) e Los Hermanos (domingo, na abertura). Amanhã, às 22 horas, e domingo, às 20 horas. De R$ 20,00 a R$ 80,00. Via Funchal. Rua Funchal, 65, tel. 3846-2300. Patrocínio: Ajato, Jontex e Usina do Som

Agencia Estado,

14 de setembro de 2000 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.