Filha de George W. Bush vai a show de Radiohead

Uma das filhas do presidente norte-americano George W. Bush assistiu ao show do Radiohead, em Nova York, apesar de a banda declarar publicamente seu ódio ao governo de Bush.O vocalista Thom Yorke declarou ter notado a presença da filha do presidente enquanto tocava, ao final do show, The Tourist, no site da revista especializada em música New Music Express (www.nme.com)."Nós nos perguntávamos o que era aquela confusão na audiência. Acabamos descobrindo que eram os seis guarda-costas da filha do presidente abrindo caminho para sua saída, enquanto algumas pobres almas se revoltavam ao serem arrastadas pelo serviço secreto. Eu acho que eu também teria me revoltado", escreveu Yorke.A presença de um membro do clã de Bush foi surpreendente considerando o título do último álbum da banda: Hail To The Thief, um ataque direto ao presidente."Se eu soubesse de tudo isso minhas objeções teriam sido mais energéticas. Talvez tenha sido por isso que a nossa produção preferiu não me avisar quem estava na platéia antes de iniciar o show. Provavelmente, uma boa idéia", disse Yorke.O vocalista ainda disse que ficou na dúvida de como reagir. "Eu não sei se nós deveríamos: A. Estar honrados B. Estar entretidos C. Estar perplexos D. Ter perguntado se ela possuía um ingresso válido E. Ter feito uma objeção tardia por motivos morais F. Ter perguntado novamente se ela possuía um ingresso válido e tê-la questionado se ela sabe o que significa de verdade a nossa apresentação G. Não culpar a filha pelo pai, calar a boca e sorrir" Yorke irá lançar o seu álbum-solo The Eraser no dia 10 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.