Festival reúne em São Paulo sete craques do jazz

Jovens ou velhos de guerra, os leões estão de volta. Depois de 2000, um dos anos mais movimentados no circuito jazzístico de São Paulo, figurões da música americana são anunciados como atrações do primeiro festival do gênero do ano. A segunda edição do Diners Club Jazz Nigths, no Bourbon Street, já tem datas e elenco definidos. No dia 18 de abril, quem abre a série é o "young lion" saxofonista Joshua Redman. O guitarrista John Pizzarelli chega em 8 de maio; o trio de Roy Haynes, Danilo Perez e John Patitucci estará na casa dia 29 do mesmo mês; o pianista Chucho Valdés será atração de 27 de junho e a cantora e pianista Shirley Horn fecha a temporada em 17 de julho.O Bourbon Street decidiu manter o formato testado no ano passado. Em vez de realizar os shows em noites sucessivas, agendou apresentações com intervalos de três ou quatro semanas. "Os fãs podem assim assistir a todos os shows sem ter de passar pelo estresse da maratona de um festival", explica Edgard Radesca, proprietário da casa de shows. O espaçamento pode converter-se em outra vantagem. Shows extras dos convidados, já habituais no Bourbon, poderão ser agendados dias antes ou depois de cada apresentação.Leia mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.