Divulgação
Divulgação

Festival promove festa indie gratuita com Wild Nothing e Surfer Blood no centro de São Paulo

O evento reúne ainda o músico Riley Walker e festas descoladas da cidade, a partir das 15h

Pedro Antunes, O Estado de S.Paulo

16 Julho 2016 | 06h00

O centro da cidade, na sempre agradável e historicamente boêmia Praça Dom José Gaspar, está pronta para receber os apreciadores de música que sobrevive fora da caixinha do mainstream neste domingo, 17. A partir das 15h, tem início a primeira edição do Jim Beam History Fest, um evento gratuito organizado pela marca de bourbon que terá três palcos, reunirá música ao vivo e versões pocket de festas descoladas da cidade.

Além de Wild Nothing (leia aqui), o palco principal será tomado pelo poderio do Surfer Blood, banda da Flórida que, apesar da voz desengonçada do vocalista John Paul Pitts e da vibe praiana das canções, não pega leve no peso das guitarras. Surfer Blood e Wild Nothing se apresentam na Praça Dom José Gaspar, às 18h e 20h, respectivamente.

A outra atração musical será Ryley Walker, músico de Chicago cujo novo disco, The Roundabout, será lançado em agosto e fará, como aquecimento, uma performance no palco Mandíbula, erguido em frente à galeria Metrópole, às 17h. O outro palco, o Paribar, com a programação de festas, ficará posicionado em frente ao bar de mesmo nome. O repórter do Caderno 2 Guilherme Sobota comandará o som na festa Songs of Love and Hate, nome em homenagem ao melhor disco de Leonard Cohen, ao palco Mandíbula, às 16h.

JIM BEAM HISTORY FEST 

Praça Dom José Gaspar. 

Domingo (17), a partir das 15h.

Entrada gratuita. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.