WILTON JUNIOR/ESTADÃO
WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Festival Knotfest Brasil vai reunir bandas como Slipknot e Bring Me The Horizon

Evento, que acontece em dezembro de 2022, no Anhembi, terá mais ingressos à venda na quinta, 19

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2021 | 17h02

A organização do Knotfest Brasil, um dos maiores de hard rock e metal do mundo, divulgou grande parte do seu lineup do evento que foi remarcado para o dia 18 de dezembro de 2022 em São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Ao todo, nove dos dez nomes foram revelados: Slipknot, Bring Me The Horizon, Mr Bungle, Trivium, Sepultura, Motionless In White, Vended, Project46 e Armored Dawn. Os ingressos começam a ser vendidos já no segundo lote na quinta, 19, a partir das 10h, por meio da plataforma Eventim Brasil (www.eventim.com.br). O primeiro lote de bilhetes se esgotou em menos de cinco minutos.

Os shows vão acontecer em dois grandes palcos e o festival vai durar 12 horas. O Bring Me the Horizon, banda inglesa cuja importância cresce a cada ano, já figura entre as mais importantes do gênero no mundo, ao mostrar um som eclético, que mistura o rock pesado a ritmos como o pop, o eletrônico e o hip-hop.

Uma novidade será o Mr Bungle, projeto de rock experimental de Mike Patton, vocalista do Faith No More, que está de volta para se apresentar no festival após quase duas décadas de hiato. Também presentes estarão o quarteto americano Trivium, considerado o sucessor do Metallica, e o metalcore dos norte-americanos do Motionless in White.

Unindo-se ao lineup internacional, estarão duas das principais bandas brasileiras do gênero atualmente: as paulistas Armored Dawn e Project46. Para completar o elenco, representando a nova geração do metal, outra grande novidade desta edição vai ser a banda Vended, formada pelos filhos de Clown e de Corey Taylor. Falta agora o anúncio de uma décima banda.

Tudo o que sabemos sobre:
SepulturaKnotfest Brasilmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.