Festival de Tatuí entra na fase semifinal

A etapa semifinal da 10ª edição do Festival de Música Popular Brasileira de Tatuí ocorre amanhã e sábado. Com predominância de músicos paulistas - 11 entre os 20 concorrentes -, as eliminatórias serão realizadas, como nos anos anteriores, no Teatro Procópio Ferreira, em Tatuí, interior de São Paulo. As apresentações contam com participação especial de Elba Ramalho, no primeiro dia, e Alceu Valença, no segundo. No dia 2 de junho, dia da final, Zezé Mota se apresenta antes do anúncio dos vencedores.Promovido pela Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, por meio do Conservatório de Tatuí, o festival recebeu neste ano 717 inscrições e um total de 1239 composições. Trata-se da maior edição do evento, que no primeiro ano teve apenas 198 músicas inscritas. Em pouco mais de uma semana, foram selecionadas as 20 canções para as semifinais. Os cinco primeiros colocados receberão troféus e prêmios no valor de R$ 20 mil. As categorias Melhor Intérprete e Prêmio de Aclamação Popular também serão contempladas.O Festival de Música Popular Brasileira de Tatuí foi realizado pela primeira vez em 1992. É fruto de uma tradição que se cresceu nos anos 80 e seguiu pelos 90: a dos festivais do interior. Nessa época, ótimos músicos passaram a participar de eventos do gênero, como Celso Viáfora, Chico César, Lenine, Zeca Baleiro, entre outros. Estes, por sua vez, pipocaram pelas cidades do estado de São Paulo. O fim dos grandes festivais patrocinados pelas emissoras de TV também contribuiu para esse processo.Três dos competidores, Sérgio Augusto (Bossa Standard), Aoki Nogueira (Bye, Bye, Japão) e Celso Ricardo de Moraes (Samba de Primeira), são da capital paulista. Há também competidores de Araraquara, Bauru, Botucatu, Mococa e dois de Campinas. Amauri Falabella (Guarulhos), que no ano passado recebeu o prêmio do público no Festival da Música Brasileira da rede Globo por Brincos, concorre com a canção Vida de Água.De fora do Estado de São Paulo, o Rio de Janeiro traz o maior número de concorrentes, quatro. De Minas Gerais, apenas dois: Renato Motha e Wolf Borges. Ceará enviou Rogério Franco Pereira e Sergipe Luiz Fontinelli. O campeão, ao menos no quesito distância percorrida, é Aroldo Pedrosa Araújo, que vem de Macapá, Amapá, cantar sua Valsa de Ciranda.

Agencia Estado,

24 de maio de 2001 | 16h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.