Festival da Globo: sai último nome do júri

A produtora musical Patrícia Palumbo, da Rádio Eldorado, foi o último nome a completar a lista de jurados da segunda etapa do Festival de Música Brasileira da Rede Globo. O júri é formado ainda pelo presidente da Som Livre, João Araújo, a novelista Maria Carmen Barbosa, o jornalista Mauro Dias, do Estado de São Paulo, Tom Leão, de O Globo, Carlos Bozzo Jr, da Folha de São Paulo, o poeta e escritor Waly Salomão, o compositor Ney Lopes, José Maurício Machline, empresário e promotor do prêmio Sharp de Música, o radialista Maurício Valladares e o poeta Geraldinho Carneiro. O time escolherá as três melhores músicas, o melhor intérprete e ainda uma revelação que levará o prêmio especial do júri.Concorrem as 48 músicas selecionadas na primeira fase, dos mais variados estilos musicais: choro, valsa, MPB, samba (tem até um samba-enredo e um rock pesado com mistura de música eletrônica). As eliminatórias começam dia 19 de agosto no Credicard Hall, em São Paulo. As outras serão dia 26 de agosto, 02 de setembro e, a finalíssima, em 9 de setembro. Todas serão transmitidas ao vivo pela TV. Através da internet e telefone, os telespectadores poderão votar nos seus preferidos. Este júri popular servirá como um 12º jurado. Os apresentadores Maria Paula, Brito Jr. e Renata Ceribelli entrevistarão os músicos e a platéia durante o evento.Mais uma vez à frente da produção, Roberto Talma, que também foi responsável pela realização do Festival dos Festivais em 1985 na Globo, preparou 48 cenários temáticos distintos, um para cada música. Serão montados quatro palcos móveis onde várias bandas e uma orquestra acompanharão os candidatos.Em entrevista ao Estadao.com.br, Talma adiantou que está sendo viabilizada a promoção de gincanas durante todos os dias de festival para distribuir, além de prêmios, convites para as eliminatórias. O público poderá obter os ingressos também por meio de promoções de Rádio e TV. Roberto Talma elogia a evolução que os músicos brasileiros apresentaram do último festival de 85 para este e está animado diante da perspectiva de sucesso. "Se tudo correr bem, no próximo ano teremos um festival mais completo, com etapas regionais e uma grande final nacional", conclui. Os 12 finalistas estarão reunidos em um CD lançado pela gravadora Som Livre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.