NTD
NTD

Festivais Choro Jazz e Nem Tão Distantes trazem a riqueza da criação instantânea

Os dois serão realizados os mesmos dias, desta quinta (25) a sábado (27), e merecem a atenção de quem gosta de fazer descobertas musicais

O Estado de S.Paulo, O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2021 | 15h00

Os festivais online seguem, e ainda sem a previsão de que eles se tornem novamente presenciais, mas cada vez mais organizados e com programações bem estruturadas. Apenas hoje, quinta (25), dois deles merecem o tempo de quem se interessa por produções criativas e que não se repetirão. O Festival Nem Tão Distantes, a partir das 19h, se conecta com as condições de sua era e proporciona o cruzamento de artistas nacionais e internacionais atuantes e radicados em várias nações. Ele segue de hoje ao dia 27, sábado, com sete apresentações, cada uma com 40 minutos de duração, transmitidas pelas páginas do YouTube e do Facebook do projeto. Na programação (mais detalhada abaixo) estarão e Noel Andrade e Banda, com participação especial de Fábio Freire, Cristina Azuma & Paola Picherzky, Cida Moreira & Iuri Salvagnini, Blubell & Bruno Serroni, Cheny Wa Gune, Xixel Langa & André Rass, Daniel Zé & Virginie Boutaud e Victor Biglione Power Trio.

Também de hoje a sábado, sempre às 20h, será realizado o Festival Choro Jazz nas Casas, com shows online exibidos no canal YouTube da Capucho Produções. É o mesmo festival realizado todos os anos em Fortaleza e Jericoacoara, que faz sua 11ª edição no formato digital. Os shows inéditos foram gravados no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, e terão em seu line up grandes músicos do Ceará.

O choro começa às 20h desta quinta (25) com a pegada contemporânea de Samuel Rocha e seu projeto Bordando o Sete. Logo depois, às 21h30, será a vez de Stênio Gonçalves, guitarrista, compositor e arranjador que representa a nova e efervescente cena jazz de Fortaleza. A sexta-feira, 26, terá a cantora Nayra Costa e também, na sequência, o cantor Marcus Caffé. No dia 27, vêm o Duo Matos com a percussionista Raquel Lopes e, no encerramento, mestre Nonato Luiz, violonista de grande respeito. 

Sobro o Nem Tão Distantes, as reuniões possibilitadas pelos recursos da Lei Aldir Blanc (Nº 14.017), assim fica a programação: hoje, Noel Andrade e Banda recebem, às 19h, o percussionista brasileiro residente na Suíça, Fabio Freire. Depois, às 20h, a violonista brasileira radicada na França Cristina Azuma se encontra com a argentina radicada em São Paulo, Paola Picherzky.

Na sexta, 26, encontram-se a cantora e pianista Cida Moreira e sua visão personalíssima sobre Tom Waits, e o multi-instrumentista e arranjador Iuri Salvagnini. E, às 20h chegam os parceiros, a cantora Blubell e o violoncelista Bruno Serroni.

O último dia de festival, 27, terá os músicos moçambicanos Cheny Wa Gune e Xixel Langa sendo acompanhados pelo percussionista brasileiro André Rass, às 16h. E, às 17h, Daniel Zé, violonista brasileiro radicado em Tolouse (França), faz o show ao lado da cantora franco-brasileira Virginie Boutaud. A última sessão será, às 18h, com o grande guitarrista Victor Biglione e seu power trio.

FESTIVAL NEM TÃO DISTANTES

Dias: 25, 26 e 27 de fevereiro

Transmissões pelo links:

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCTy9N-XtW6-n-7PLeE9lp4g

Facebook: https://www.facebook.com/festivalnemtaodistantes

FSTIVAL CHORO JAZZ

Programação completa. Shows transmitidos pelo Youtube Capucho Produções e pelo Youtube Cineteatro São Luiz:

Quinta, 25/2

20h - Samuel Rocha – Bordando o Sete 

21h30 - Stênio Gonçalves

Sexta, 26/2

20h - Nayra Costa

21h30 - Marcus Caffé

Sábado, 27/2

20h - Duo Matos e Raquel Lopes

21h30 - Nonato Luiz e Tarcísio Sardinha

Tudo o que sabemos sobre:
músicaCida Moreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.