Festa dos 450 anos de SP continua

O aniversário dos 450 anos de São Paulo foi ontem, mas a festa não pára. O Teatro Municipal (Praça Ramos de Azevedo, s/nº, tel.: 222-8698), por exemplo, repete de hoje a quarta-feira, a apresentação realizada para a festa na Catedral da Sé, com a Orquestra Sinfônica Municipal e o Coral Lírico, que juntos executam a grandiosa Missa Solemnis, de Beethoven. A entrada é franca para todas as apresentações, realizadas sempre às 21h.Entre as muitas exposições em homenagem à cidade, começa amanhã no Instituto Tomie Ohtake (R. dos Coropés, 88, tel.: 6844-1900) a mostra São Paulo - 450 anos - Paris. Em três módulos, a exposição pretende retratar a influência exercida pela capital francesa sobre a São Paulo da primeira metade do século 20. A mostra traz reconstituições de residências, fotografias, mobiliários, cartazes de teatro, itens de moda, arquitetura e literatura, e chega até os dias atuais, com fotos e vídeos que mostram como estão as duas cidades. O evento terá ainda, no Sesc Vila Mariana (R. Pelotas, 141, tel.: 5080-3000), debates sobre questões urbanas e discutirá o futuro das metrópoles. A abertura será realizada hoje, com as presenças da prefeita Marta Suplicy e do prefeito de Paris, Bertrand Delanoë. Para participar das discussões, há taxa de R$ 10.Dentro projeto Marco Zero - Todas as Tribos da Praça, se apresentam no Sesc Consolação (tel.: 3234-3000) grupos que costumam fazer shows na Praça da Sé. Hoje é a vez do Tarancón, de músicas latino-americanas, que sobe ao palco às 20h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.