Fãs processam o Creed por show fracassado

Fãs da banda americana Creed estão processando o grupo porque o cantor Scott Stapp não teria conseguido cantar em um show por estar embriagado ou sob efeito de drogas. Eles pedem uma indenização de US$ 2 milhões. Os quatro fãs que abriram o processo afirmam que Stapp foi incapaz de cantar no show do Creed em Rosemont, no estado de Illinois, em dezembro de 2002. Os fãs disseram que Stapp, naquele show, saiu do palco várias vezes e por longos períodos. Além disso, ele teria rolado no chão com dores e aparentemente teve um desmaio durante a apresentação. Agora, os fãs querem reaver seus US$ 227 pagos pelos ingressos e pelo estacionamento. Mas a indenização seria para todas as 15 mil pessoas que foram ao evento, o que elevaria o valor para US$ 2 milhões. A banda, que é conhecida por suas letras cristãs, pediu desculpas aos fãs que foram ao show. Em seu site na internet, o Creed disse que aquela foi a mais especial das apresentações que a banda já fez. Os músicos terminaram o pedido de desculpas com uma frase clássica mas talvez inapropriada: "É só rock n? roll".As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.