Wellington Macedo
Wellington Macedo

Fãs prestam as últimas homenagens a Belchior, em Sobral

O corpo do artista foi velado até as 11h40, no Teatro São João , depois seguiu para Fortaleza

Wellington Macedo, Especial para O Estado

01 Maio 2017 | 09h54

SOBRAL - A despedida do povo sobralense foi emocionante. O velório em Sobral acabou por volta das 11:40h desta segunda, 1. As lágrimas não tomaram conta tão somente dos familiares, mas também dos que estavam presente. Com palmas, cantos, Belchior partiu de Sobral ouvindo suas melhores músicas, dentre elas Como os Nossos Pais entoada pelos fãs na saída do teatro São João.

Aos gritos fãs se despediram na saída do caixão, que foi levado no carro do corpo de Bombeiros até o aeroporto de Sobral, embarcando ao meio-dia para Fortaleza, onde deverá ser sepultado na terça-feira.⁠⁠⁠⁠

Pela manhã uma multidão fez fila para se despedir do cantor e compositor Belchior em Sobral, no Ceará. O corpo do cantor chegou em Sobral em um jato particular, por volta das 7h30 desta segunda, 1. O caixão foi conduzindo até a praça São João em um carro do Corpo de Bombeiros e levado por oficiais, além do prefeito da cidade, Ivo Gomes, até o palco do teatro São João, onde ocorreu o velório.

O velório seguiu at 11h no histórico teatro São João e, em seguida, o corpo foi levado de volta para ser sepultado em Fortaleza. Os irmãos ficarm em espaço reservado próximo do caixão, no palco do teatro. Milhares de fãz emocionados chegaram a cantar em coro e palmas, o repertório de Belchior durante a visitação.

Às 10h houve uma parada para uma apresentação musical, composta por um dueto de fãs do cantor, com sus músicas, que foram acompanhadas em coro pelos presentes. Em seguida, a bênção do padre Jairo: "Obrigado por ter escolhido voltar para o seu povo, Belchior". Finalizou o pároco, que foi acompanhado por intensas palmas.

No domingo, 30, artistas plásticos e grafiteiros fizeram uma homenagem ao cantor, estampando sua caricatura em um muro na periferia da cidade. A obra, segundo o grafiteiro Jonas Sampaio, representa a partida dele para uma outra dimensão. "As letras musicais formam as asas que o faziam flutuar na melodia de suas músicas, e agora são as asas de um anjo que partiu."

Chegada. Por volta das 18h de domingo, 30, compositores e cantores de Sobral se reuniram na praça São João e realizaram um tributo a Belchior, cantando suas músicas de sucesso. Cerca de 300 fãs permaneceram no local por várias horas. 

Retrato 3x4

O cantor e compositor Belchior aos 20 anos em um jantar de família, comemorando Bodas de Prata do seu tio Gustavo Belchior, no dia 6 de junho de 1966, em Sobral.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Sobral Fortaleza Belchior Ceará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.