Fãs premiam Faith Hill, Creed e Toni Braxton

A cantora country Faith Hill, a banda de rock Creed e a cantora soul Toni Braxton foram os grandes vencedores do American Music Awards, uma honra concedida pelos fãs. Cada um recebeu dois prêmios. Hill, indicado para quatro prêmios, venceu como melhor álbum country por Breathe e como melhor artista country. A banda Creed foi escolhida como melhor grupo de música alternativa e o álbum Human Clay bateu os ídolos adolescentes ´N Sync e Britney Spears na categoria de melhor disco. Ambos foram esnobados pelo Grammy nesta categoria. Toni Braxton conquistou seu terceiro American Music Awards ao vencer na categoria de melhor disco soul - prêmio que também conquistou em 1995 e 1997. Ela ainda foi premiada como melhor artista de rhythm ´n´ blue.Destiny´s Child, com o sucesso Say My Name, foi indicado como o melhor grupo de rhythm ´n´ blue. Já a categoria de melhor banda country, os vencedores foram os Dixie Chicks. Diferente do Grammy, que será entregue pelos membros da Academy Recording no próximo dia 21 de fevereiro, o American Music Awards é escolhido por fãs de música, fazendo dele, uma competição popular. Uma comissão de votação enviou cerca de 20 mil cédulas para consumidores de discos. A banda de rock 3 Doors Down, que fez sucesso com o hit Kryptonite, foi indicada como melhor artista revelação na categoria pop. Donnell Jones venceu a categoria rhythm ´n blue. O cantor Billy Gilman venceu na categoria artista country. Dois artistas que estavam sem muita evidência no ano passado, o Kid Rock e a Celine Dion venceram como melhor artista pop masculino e melhor artista contemporânea, respectivamente. O rapper veterano Dr. Dre superou seu "protegido", Eminem, como melhor artista de rap.Janet Jackson escolhida para a premiação especial de Honra ao Mérito, que é dada todos os anos para um artista que tenha "consideráveis contribuições para a música do público americano". Em outros anos, a premiação especial já foi concedida ao irmão da cantora, o astro pop Michael Jackson; à cantora de jazz Ella Fitzgerald; ao ex-Beatlle Paul MacCartney; ao roqueiro Elvis Presley; a Frank Sinatra; a Billy Joel, e à cantora pop Gloria Estefan. Os roqueiros do Aerosmith também receberam o especial prêmio de artista internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.