Estadão
Estadão

Fãs apontam prós e contras em show de Paul McCartney

Espectadores criticaram filas e problemas na sonorização da apresentação. Limpeza foi elogiada

O Estado de S. Paulo

26 de novembro de 2014 | 14h49

Entre os fãs que compareceram ao primeiro show de Paul McCartney em São Paulo, nesta terça-feira, 25, a opinião é unânime: performances memoráveis, clássicos entoados debaixo de chuva e a possibilidade de ver um dos maiores personagens da história da música em casa fizeram da apresentação um verdadeiro deleite. Fora do palco, no entanto, problemas de organização e montagem do palco geraram críticas dos espectadores nas redes sociais.

“Do lado de fora estava extremamente mal organizado. Filas mal-distribuídas, falta de informação, atraso para a abertura dos portões e pessoas muito mal-educadas e mal preparadas para verificação dos ingressos”, apontou Vanessa Maria, seguida por vários outros usuários que também criticaram a logística de entrada no recém-inaugurado Allianz Parque, estádio do Palmeiras, localizado na zona oeste da cidade.

O áudio também foi responsável por causar transtornos aos fãs. “O som dentro da arena, pelo menos para quem estava na cadeira superior, estava péssimo. Tinha delay e eu nem entendia direito o que o Paul falava. Fiquei triste, mas mesmo assim foi ótimo”, criticou Mariana Leão.

Mesmo com os problemas, espectadores elogiaram a limpeza dos banheiros e da arena. O fácil acesso também foi lembrado: a poucos minutos da estação Palmeiras - Barra Funda, o estádio reduz a possibilidade de transtornos como os que acontecem quando as apresentações são realizadas no Morumbi, distante de terminais do metrô.

Corte. Quem preferiu assistir o show pela TV ainda teve uma surpresa: no meio de Live and Let Die, um dos maiores hits de Paul, o canal Multishow interrompeu a transmissão, seguida imediatamente por um comercial da dupla sertaneja Bruno e Marrone. No Twitter, a emissora se retratou alegando que a produção do artista só havia liberado uma hora e meia de apresentação, o que não diminuiu a indignação dos fãs, que reclamaram e fizeram piada nas redes:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.