Família de rapper processa polícia

A família do rapper Notorious B.I.G., que foiassassinado em 1997 em Los Angeles, processou a administração da cidade sob alegação de que a polícia foi negligente na proteção do músico. Os réus no caso são a prefeitura, o chefe depolícia Bernard Parks e o ex-chefe de polícia Willie Williams.Christopher Wallace _ o nome verdadeiro do rapper _ foi morto aosair de uma festa da indústria fonográfica. Ele tinha 24 anos.Ninguém foi preso até hoje. Os inimigos dele na época erammúsicos associados à Death Row Records. Há rumores de que ocrime teve a ver com a rivalidade entre gangues da zona oeste eda zosta leste, de onde ele era.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.