Família de Jimi Hendrix em guerra na Justiça

A família de Jimi Hendrix está em guerra na disputa pela herança do guitarrista morto em 1970, aos 27 anos. Na semana que vem, o irmão do músico, Leon Hendrix, de 56 anos, enfrenta no tribunal Jamie, sua irmã adotiva, que dirige a empresa que controla o espólio do músico, a Experience Hendrix LLC, junto com o primo, Robert Hendrix. Leon acusa a irmã de ter alterado em benefício próprio o testamento do pai, Al Hendrix, que herdou os bens de Jimi, para que ele não recebesse nem um centavo da fortuna de US$ 80 milhões. O advogado de Leon disse no tribunal que "Janie leva uma vida muito boa", enquanto outros parentes que, de acordo com o testamento de Al Hendrix deveriam receber algum dinheiro, passam por necessidades. Leon diz que a primeira versão do testamento do pai lhe dava direito a 24% da fortuna, mas o documento foi revisado em 1997, quando seu nome teria sido tirado em benefício de Jamie.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.