Família de ex-polegar processará Mallandro

A família do cantor Rafael Ilha Alves Pereira, ex-integrante do grupo Polegar, vai entrar com ação na Justiça contra o apresentador Sérgio Mallandro e a TV Gazeta, por uso indevido de imagem. O cantor foi alvo de uma "pegadinha", aplicada pelo apresentador, na qual um ator lhe ofereceu droga - a produção afirma que era açúcar. O Ministério Público Estadual também iniciou ontem (07) processo de investigação contra o apresentador por "atentado à dignidade humana".De acordo com a mãe do cantor, Silvia Vieira, e seu advogado, Luís Carlos Tucho, Rafael foi pego de surpresa pela equipe do programa e em nenhum momento autorizou a divulgação da "brincadeira" na televisão."Vamos entrar com ação por danos morais e pelo uso indevido da imagem", afirmou Tucho. Também será pedida indenização. O valor ainda não foi definido.Muito abalado no começo do episódio, o cantor já "se sentia melhor", hoje, "por ter recusado a droga". "É muito duro para ele lutar contra o vício e, agora, ser traído por pessoas em quem confiava", disse Silvia. "Tudo isso por causa de alguns pontos de audiência."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.