Falso produtor de ópera dá golpe em orquestra

Um suposto organizador da ópera Leonora, que deveria ser apresentada na quarta em Viena, era um impostor. O austríaco, identificado como Peter Kafka, apresentou-se à orquestra como cantor e na véspera da estréia desapareceu sem pagar os 65 músicos e cantores que havia contratado, além de várias outras despesas. O dano foi avaliado em ?420 mil.O que se esperava que fosse uma noite de ópera original no histórico Palácio Schwarzenberg, em Viena, terminou com a orquestra estupefata por ter sido enganada por um impostor que se fez passar por produtor musical e cantor.O suposto organizador da ópera Leonora, conhecido pelo falso nome de Peter Kafka, já havia dado um golpe semelhante em Munique e Salzburgo, segundo informa hoje a imprensa vienense.A polícia identificou Kafka como Peter W., um cidadão austríaco de 29 anos. O truqueiro apresentou-se à orquestra como um contratenor alemão que não cantava há vários anos, mas que queria organizar a ópera fazemdp ele mesmo o papel principal.Uma música da orquestra disse para a televisão pública "ORF" que durante os ensaios já se notava que Kafka "não tinha nem idéia de como cantar nenhuma música".A ópera Leonora reuniria as melhores árias de grandes obras como Don Carlos o El Murciélago e tinha previsão de estréia nesta noite, nos jardins do Palacio Schwarzenberg. Um dia antes do ensaio geral, na terça, Kafka desapareceu sem pagar os honorários dos 65 músicos e cantores que havia contratado para a produção, e tampouco pagou seu apartamento no luxuoso Hotel Schwarzenberg, nem o aluguel pelo jardim do palácio, nem pelas salas de ensaio do famoso Musikverein, histórico complexo musical onde se celebra todos os anos o Concerto do AnoNovo da Filarmônica de Viena.Segundo cálculos da polícia vienense, o prejuízo causado por Kafka supera a marca de ? 420 mil. Os membros da orquestra composta por jovens músicos, mesmo estafados, pretendem encenar a ópera que ensaiaram durante mais de seis semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.