Exibida fita em que menino conta abuso por Jackson

As fitas gravadas durante as sessões de terapia do menino que acusou Michael Jackson de abuso sexual em 1993 foram exibidas na televisão, segundo o tablóide britânico The Sun. Nas gravações, Jordy Chandler conta a seu psiquiatra como o astro pop abusou dele. As fitas teriam sido entregues ao programa da US TV The Insider pelo tio de Jordy, Raymond.A fita mostra que o garoto, na época com 13 anos, chorou ao contar a seu médico, Richard Gardner, que Jackson tocava nele quando eles dormiam juntos - tanto no rancho Neverland como em quartos de hotel, quando viajavam juntos -; o beijava na boca; chorava e dizia "você não me ama mais", quando Jordy se negava a fazer alguma coisa; e fazia o garoto manter segredo sobre os dois dizendo que o segredo deles estava guardado em uma "pequena caixa" que só os dois poderiam ver. Segundo o The Sun, Jordy é um dos sete garotos que os promotores vão chamar para testemunhar no julgamento do cantor, que será retomado na segunda-feira, em Santa Maria, Califórnia. As acusações de Jordy levaram a uma investigação em 1993, mas o caso foi encerrado supostamente após o astro ter feito um acordo milionário com a família do menino em troca de silêncio. Atualmente com pouco mais de 20 anos, Jordy ainda não decidiu se vai testemunhar no caso.

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2005 | 16h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.