Marlene Marino
Marlene Marino

Ex-Spice Girl, Mel C lança novo álbum e chega ao País para encontro com fãs

Além de encontrar os fãs, a cantora britânica vai fazer maratona de entrevistas para divulgar o álbum 'Version of Me' e participar de programas de TV, onde irá cantar com Anitta

Pedro Rocha, ESPECIAL PARA O ESTADO

21 de junho de 2017 | 07h00

Quem cresceu nos anos 90 certamente sabe cantarolar um dos maiores hits da década, Wannabe, das Spice Girls. Apesar de todo o sucesso do grupo no Brasil, a separação das meninas veio antes da realização de um show no País. Mesmo na turnê de retorno em 2007, as Spice Girls não passaram por aqui. Mas, agora, em 2017, mais de 20 anos depois de Wannabe, uma das integrantes, Melanie Chisholm, chega ao País para lançar seu novo álbum solo, Version of Me, e cantar para seus fãs.

“Sempre soube que havia uma grande quantidade de fãs das Spice Girls no Brasil que me apoiam como artista solo”, diz Mel C, em entrevista ao Estado, ao falar sobre o tempo que passou sem vir ao País. “Às vezes, é caro viajar com uma turnê”, explica a Sporty Spice. O apelido, ela ganhou por seu visual esportivo na época do grupo.

Ao longo dos últimos anos, com seus álbuns solo, Melanie viu surgir na internet várias petições para que ela viesse ao Brasil. “Desde que surgiram as redes sociais, temos recebido muito amor dos brasileiros, mal posso esperar para conhecê-los”, comenta Mel, que diz sempre encontrar brasileiros em shows no Reino Unido. 

Com Version of Me, que chega às lojas brasileiras nesta sexta-feira, 23, Mel C prova que não se prende ao passado, ao levar seu pop para um flerte com a música eletrônica que faz sucesso no momento, inspirada por artistas atuais como Jack Garrett e Major Lazer. “Eu me sinto sortuda por, depois de 20 anos, conseguir renovar minha energia com esse tipo de música, que faz eu me sentir jovem e bem otimista sobre o futuro.” Apesar da nova direção, a cantora garante que sua alma permanece no trabalho. “As pessoas ainda podem reconhecer minha voz, mas é um som bem mais moderno”.

A Sporty Spice também continua de olho no que está acontecendo no mundo da música e no surgimento de novos grupos femininos que continuem o legado do movimento “Girl Power”, que tem como símbolo a faixa Wannabe, que fala sobre sororidade e foi lançada em 1996 num momento em que a música pop mundial era dominada por grupos masculinos. “Minha filha, de oito anos, é bem fã das Little Mix. Elas são a minha girlband favorita desde as Spice Girls.”

Por falar nesse assunto, em 2016 quase houve uma reunião das Spice Girls para celebrar os 20 anos de Wannabe. Apenas Mel B, Geri e Emma toparam e tentaram retornar como um trio. Victoria e Mel C foram contra. Rapidamente sites noticiaram uma suposta briga entre as integrantes, com ameaças de processos. “Como qualquer grupo de amigas, nós temos nossos altos e baixos”, explica. “Ano passado foi difícil, porque Melanie, Emma e Geri queriam continuar, mas Victoria e eu não queríamos nada naquele momento.” 

Em 2017, porém, as meninas fizeram as pazes. “Tanta coisa aconteceu, Geri se tornou mãe novamente, teve um menino, Melanie enfrentou situações difíceis na sua vida pessoal e isso tudo nos aproximou de novo”, conta Mel C. “Não importa o que aconteça nas nossas vidas, vamos sempre estar lá para quando uma precisar.”

Mel C diz não ser contra a reunião das Spice Girls, mas só toparia se todas as cinco retornassem juntas. “Eu acho que algo poderia acontecer, com certeza! Não temos nenhum plano no momento, mas, se as outras quatro garotas disserem sim, eu vou aceitar”, opina a Sporty. “Mas sinto que temos que ser as cinco para fazer justiça ao grupo. Talvez no futuro isso possa acontecer.”

No Brasil, Mel C vai participar de uma maratona em programas de rádio e TV. No Música Boa Ao Vivo, do Multishow, a britânica vai cantar com Anitta. “Vi vídeos no YouTube, ela parece ser muito divertida, estou bem animada”, elogia. “Ainda não sei o que vamos cantar, estava pensando em pedir a opinião dos fãs .”

Os fãs, aliás, ainda podem participar do encontro com Mel C, que ocorre em 24 de junho em São Paulo e no dia 25 no Rio. Os ingressos custam até mil reais, para a opção de tirar foto e conversar pessoalmente com a cantora. Quem não conseguir, pode esperar um retorno de Mel. “Quero voltar em breve em turnê para um show completo.”

Tudo o que sabemos sobre:
Spice Girls

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.