Ex-Rolling Stones critica filme sobre Brian Jones

Bill Wyman, ex-baixista dos Rolling Stones, disse nesta sexta-feira que o filme Stoned, que retrata os excessos de sexo e drogas cometidos pelos integrantes do grupo, e que terminaram em tragédia no caso de Brian Jones, é "uma porcaria"."Brian foi um homem muito inteligente, que fez coisas maravilhosas. Mas todos temos um lado obscuro, e o filme foca apenas esse lado. Isso é triste, porque ele não merecia isso", disse, referindo-se a Jones, também ex-integrante dos Rolling Stones.Wyman, que tocou com a banda britânica entre 1962 e 1993 trilhou, nos últimos anos, uma sólida carreira solo com seu novo grupo, The Rhythm Kings, que se baseia no rhythm and blues.Em entrevista à imprensa, Wyman garantiu não fazer música "para ganhar dinheiro ou para emplacar grandes hits", mas porque realmente gosta. O músico se mostrou relaxado, e até brincou sobre a recente queda de Keith Richards, guitarrista dos Stones, de um coqueiro, nas ilhas Fiji. "Acho que Keith se esqueceu que tinha 62 anos. Eu, quando quero um côco, peço a um jovem que o pegue para mim", disse, entre risos.Wyman, que já gravou quatro álbuns na carreira-solo, é acompanhado pelos guitarristas Albert Lee, Tarry Taylor e Andy Fairweatherlow, o tecladista Georgie Fame e o baterista Graham Broad.Sobre o repertório de seus shows, Wyman assegurou que este não conta com nenhuma versão de sua antiga banda. Explicou que não se prende a um único estilo. Segundo ele, sua música faz uma "mistura total entre todos os ritmos", e abrange rhythm and blues, rock and roll, soul e jazz. "É uma mistura de coisas que achamos que as pessoas gostam. É o que temos tocado nos últimos sete anos e parece que tem dado certo", disse Wyman, que defendeu ainda a proximidade com o público em seus shows e concluiu que em grandes estádios "não há boa comunicação".Sobre ser baixista da banda, Wyman explicou que demorou para se adaptar à função, mas que a maioria das músicas que compõe agora requerem sua participação com o instrumento.

Agencia Estado,

21 de julho de 2006 | 16h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.