Ex-mulher de Paul McCartney diz ter sido ameaçada de morte

Heather Mills, ex-mulher do cantor PaulMcCartney, foi na quarta-feira, 14, a uma delegacia próximade sua casa, em Hove, no sul da Inglaterra, para falar que sofre ameaças de morte. O porta-voz de Heather, Phil Hall, confirmou a notícia para a rede detelevisão britânica BBC."Ela foi alvo de ameaças de morte e houve uma contínuacomunicação com a polícia de Sussex", revelou Hall. No entanto, uma porta-voz da polícia de Sussex disse que "não sefalou de nada em particular" e que a reunião "havia sido planejadapreviamente por ela para discutir alguns assuntos". Em dezembro, Heather disse à BBC que tinha recebido ameaças demorte desde o fim do seu casamento com o ex-Beatle. A ex-modelo, de 38 anos, e o músico, de 64 anos, se separaram em maiode 2006, depois de quatro anos de casamento. Após muita polêmica, a imprensa britânica informou no início deste mês que McCartney ofereceu pagar US$ 64 milhões para Heather como parte do acordo de divórcio de ambos. O músico conta com uma fortuna pessoal superior a US$ 1,6 bilhões, assim como propriedades em Los Angeles, Nova York, Escócia, Inglaterra e França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.