Ex-mulher de McCartney quer pensão de US$ 19 mil por dia

Heather Mills, ex-mulher do músico Paul McCartney, pediu ao cantor uma pensão de US$ 19.350 por dia para chegar a um acordo sobre o divórcio, segundo a edição desta quinta-feira, 8, do jornal The Sun.A ex-modelo calculou suas despesas anuais e concluiu que necessitava dessa quantia, que representa mais de US$ 6,7 milhões), assinalou a publicação britânica, que cita um amigo do cantor como fonte.Segundo o amigo, a ex-modelo, de 39 anos, estaria disposta a considerar um acordo de divórcio "rápido" por um mínimo de aproximadamente US$ 77 milhões, à parte da pensão.No entanto, o músico, de 64 anos, recusa-se a pagar esse montante porque alega ter "consideravelmente menos" do que a fortuna de US$ 1,6 bilhão que a lista de ricos do jornal The Sunday Times lhe atribui.McCartney e Heather compareceram três vezes ao Tribunal Superior de Londres na semana passada, em audiências preliminares sobre um divórcio marcado por uma complicada batalha judicial.Nesse processo, a ex-modelo argumenta que seu marido teve um comportamento violento em quatro ocasiões, atitude que o cantor e compositor negou categoricamente.O ex-Beatle e sua esposa, que se conheceram em 2000 e se casaram dois anos depois, anunciaram em maio do ano passado sua separação e atribuíram o fracasso da relação à intromissão da imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.