Ex-mulher acusa McCartney de maus-tratos; músico nega

Paul McCartney negou ter agredido sua ex-mulher, Heather Mills, durante os quatro anos em que foram casados, segundo publicou nesta quinta-feira o jornal "Evening Standard". A ex-modelo acusa o músico de comportamento violento na documentação de divórcio apresentada por seus advogados, que foi publicada pelo jornal britânico Daily Mail. Segundo os documentos, o ex-Beatle estava freqüentemente bêbado ou sob o efeito de drogas, por isso maltratava Heather em diversas ocasiões.McCartney se defenderá "de forma apropriada" das acusações, afirmaram nesta quinta-feira seus advogados, através de um comunicado. De acordo com os advogados, McCartney se manteve em silêncio sobre as acusações publicadas na imprensa por crer que era o melhor para todos os envolvidos, em particular seus filhos, e por considerar que se tratava de um assunto particular."Nosso cliente gostaria muito de responder em público, detalhadamente, às acusações feitas recentemente contra ele por sua ex-esposa e publicadas na imprensa", continua a nota, divulgada pelo escritório de advocacia Payne Hicks Beach.No entanto, o ex-Beatle reconhece que a única maneira correta de proceder neste momento é através dos trâmites legais de divórcio. "McCartney está triste com o fim de seu casamento, e gostaria que sua família pudesse resolver seus assuntos pessoais em particular", afirmou.O músico e a modelo se conheceram em um encontro de caridade em 1999 e se casaram em 2002, quatro anos depois que a primeira mulher de McCartney, Linda, morreu de câncer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.