Ex-baterista de Jimi Hendrix é encontrado morto nos EUA

Mitch Mitchell tocou ainda com John Lennon, Eric Clapton e Keith Richards; músico tinha 62 anos

Efe,

13 de novembro de 2008 | 03h18

O baterista inglês Mitch Mitchell, que integrou o famoso grupo de Jimi Hendrix na década de 1960, foi encontrado morto nesta quarta-feira no quarto de um hotel em Portland (Oregon), nos Estados Unidos, informaram fontes da Polícia. Conhecido por seu vigoroso estilo, Mitchell era o único sobrevivente da banda. Um porta-voz do Instituto Médico Legal de Portland assinalou que aparentemente Mitchell, 62 anos, morreu por causas naturais, mas disse que uma autópsia deve ser realizada. Mitchell tinha tocado com o grupo Experience Hendrix Tour na sexta-feira passada, na última escala de uma viagem dessa banda pela Costa Oeste dos EUA. "Ele era um homem maravilhoso, um músico brilhante e um verdadeiro amigo", assinalou Janie Hendrix, meia-irmã do lendário guitarrista, morto em 1970. O baixista do grupo de Hendrix, Noel Redding, morreu em 2003. Um porta-voz da organização que tinha preparado a viagem assinalou que Mitchell pretendia descansar por quatro dias em Portland. Durante sua carreira, o baterista ainda tocou ao lado de outras lendas do rock, como o ex-beatle John Lennon, o guitarrista Eric Clapton e o membro dos Rolling Stones Keith Richards.

Tudo o que sabemos sobre:
Jimi HendrixMitch Mitchellmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.