MARCELO FONSECA
MARCELO FONSECA

Evento que pede Carnaval pós-pandemia tem 78 mil interessados

Página do Facebook, com 23 mil confirmações, convoca blocos tradicionais do Rio para a festa que, segundo seu organizador, só deve acontecer este ano se uma vacina imunizar a população e acabar com a pandemia

O Estado de S.Paulo, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2020 | 19h22

Um evento no Facebook chamado 'Carnaval de Novo Quando Tudo Isso Passar', organizado pelo carioca Omar Monteiro Junior, contava, até a noite desta terça-feira, 7, com 78 mil interessados e 23 mil confirmações.

A página tem um texto que diz o seguinte: “A GENTE NÃO QUER SABER! Quando tudo isso passar nós vamos fazer um novo carnaval.  Chama os Amores Líquidos, chama o Boi Tolo, o Fanfarra Black, chama geral! Chama o Bola Preta, os Amigos da Onça! Vamos fazer um carnaval. Não um carnaval fora de época, mas um carnaval EM ÉPOCA, em época de celebrar a vida, a superação, a esperança e homenagear todos os profissionais da saúde que dedicaram suas vidas pelo seu povo, pelo nosso povo. Vai ser uma grande festa.” Ao final, no entanto, deixa uma mensagem incisiva: “Enquanto isso, evitem aglomerações, quem puder ficar em casa FICA EM CASA, P....!”

Procurado pelo Estado, Omar diz que o evento surgiu como uma brincadeira. “Eu criei brincando. Uma brincadeira que acabou tomando uma proporção enorme.” Ele diz que, com as pessoas que conhece no Rio, não seria difícil fazer um carnaval fora de época caso a pandemia não demorasse a acabar. “Mas sabemos que não será assim. Ainda, no final da quarentena, a diminuição do isolamento social vai ser gradual, até pra não gerar novos surtos. O cenário que nos espera não é dos melhores.”

Ele diz que a prática de um Carnaval fora de época só será factível quando se tornar um desejo da população . “Acredito que muitos não terão sanidade mental, pois passaremos por muitas perdas e tudo mais, mas assim como em outras pandemias ou momentos difíceis da nossa história, a arte, a festa, o iluminismo vieram para nos salvar da tristeza, do obscurantismo e da melancolia.” O que seria preciso para que seu sonho, hoje impensável, desse certo? “A única forma desse evento acontecer ainda nesse ano seria com a descoberta de uma vacina, com a população imunizada.”

Tudo o que sabemos sobre:
Facebook

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.