Paul Zinken / AFP
Paul Zinken / AFP

'Eu acho que não posso continuar', disse Bono ao sentir que não teria voz para seguir com show

U2 inciava a segunda apresentação em Berlim quando vocalista perdeu a voz

O Estado de S.Paulo

02 Setembro 2018 | 20h36

O grupo U2 foi obrigado a cancelar um show no sábado à noite em Berlim depois que seu vocalista, Bono, perdeu a voz depois alguns minutos de apresentação.

"Nós sentimos muito pelo cancelamento desta noite. Bono estava em ótima forma e com uma ótima voz antes do show e estávamos todos ansiosos para a segunda noite em Berlim, mas depois de algumas músicas, ele sofreu uma perda total de voz", afirmou o grupo em um comunicado publicado em seu site oficial.

"Não sabemos o que aconteceu estamos consultado um médico", completa a nota.

O U2 estava em seu segundo e último show em Berlim como parte de uma turnê internacional.

Desde as primeiras canções, Bono mostrou que estava com dificuldades em sua voz. Em vários momentos, inclusive durante a interpretação das músicas, o cantor de 58 anos parou para beber algo de uma garrafa térmica.

Pouco depois, anunciou que não teria condições de prosseguir com a apresentação. Os espectadores poderão retornar a um show do U2 em uma data que ainda será definida.

Um vídeo publicado na conta do Twitter da revista EFTM mostra o momento em que Bono anuncia ao público: "Eu acho que não posso continuar".

 

"Não é correto com vocês. É inútil", disse.


Na sexta-feira, no primeiro show do grupo em Berlim, Bono denunciou as recentes demonstrações de violência da extrema-direita na cidade alemã de Chemnitz.

"Pessoas como estas não têm espaço na Europa nem neste país", disse o vocalista da banda, também formada por The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen.

 

Mais conteúdo sobre:
Bono VoxU2

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.