Estrelas da dance music homenageiam pai do trance

O mundo da dance music sempre reconheceu o produtor ítalo-germânico Giorgio Moroder como o pai da trance. Em 1977, ladeado pela diva Donna Summer, o produtor popularizou os beats pulsantes naquilo que ficou conhecido como disco music. O hit I Feel Love, de Donna Summer, foi um dos primeiros quase inteiramente eletrônicos - à exceção de voz e bateria.Agora, a antevisão de Moroder ganha uma homenagem à altura: DJ Empire Presents a Tribute to Giorgio Moroder (BMG), uma releitura remixada de vários dos sucessos do produtor incluindo os hits The Chase e Call Me. Um monte de estrelas das pick ups prestam homenagem ao seu antecessor, como o astro DJ Spoon, Paul Oakenfold, Danny Tenaglia, Pete Heller, Roger Sanchez, DJ Sneak, Todd Terry, Westbam, Tiefschwarze Tomcraft, entre outros.Nascido em 1940 na Itália, Moroder tocava guitarras em night clubs europeus aos 19 anos. Em 1967, em Berlim, ele começou a carreira como produtor. Em Munique, ele se projetou como um mago dos estúdios, com linguagem personalíssima - o "som de Munique". Quando ele teve a idéia de fazer uma versão extensiva de Love to Love you Baby, iniciava-se a era dos remixes e Donna Summer virava uma superestrela. Nos anos 80, ele ganhou um Oscar por What a Feeling, que foi música tema do filme Flashdance. Fez mais de 40 trilhas sonoras, de Gigolô Americano a Scarface e Top Gun - Ases Indomáveis. Continua na ativa, fazendo esculturas. Se você tem uma festinha em vista e não sabe o que tocar, não hesite: este é o disco.DJ Empire Presents: A Tribute to Giorgio Moroder - Vários. BMG. Preço: R$ 18,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.