Estado de saúde de Dona Neuma piora

O estado de saúde de Dona Neuma, de 78 anos, uma das personalidades mais tradicionais da escola de samba Mangueira, agravou-se há três dias. Ela está internada desde quinta-feira passadano Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, zona norte.De acordo com boletim médico divulgado ontem de manhã pela direção do hospital, ela apresentou uma piora na manhã de quarta-feira e voltou aprecisar do uso de aparelho para respirar. A pressão arterial é mantida com o auxílio de medicamentos. A sambista foi internada às pressas depois de sofrer um derrame. Ela estava em sua casa no Morro da Mangueira, na zona norte, quando caiu nobanheiro. Dona Neuma foi operada para retirada de um coágulo e desde então está em coma. No início da semana, ela teve uma melhora e os médicos retiraram o aparelho que a ajudava respirar. Dona Neuma, cujo nome de batismo é Neuma Gomes da Silva, é filha de Saturnino Gonçalves, um dos fundadores ( ao lado de Cartola e CarlosCachaça) e primeiro presidente da escola de samba Estação Primeira da Mangueira. Atualmente, a sambista pertence ao Conselho Superior, composto de personalidades tradicionais da escola como Dona Zica, viúva de Cartola.Matriarca do morro, fundou diversas alas, entre elas a da Velha Guarda, onde desfila. Dona Neuma teve cinco filhos, perdeu dois e tem quatro netos e três bisnetos. Toda a família é mangueirense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.