Esquenta a briga pelo legado do Nirvana

Courtney Love resolveu responder a uma carta que os membros remanescentes do Nirvana divulgaram há poucos dias a respeito da batalha legal que cerca o grupo. A viúva de Kurt Cobain diz que o marido "era" o Nirvana, por ter criado a banda, registrado o nome, escrito boa parte das músicas e tomado todas as decisões empresariais.Courtney diz que quer tornar Cobain e o Nirvana relevante para gerações futuras, "assim como Bob Dylan,Jimi Hendrix e Led Zepellin". Diz que Krist Novoselic e Dave Grohl foram contratados por Cobain para tocar no Nirvana e foram "muito bem pagos por seus serviços". "Espero que eles deixem os direitos do Nirvana para os herdeiros de direito", disse.A cantora também alega que Cobain não assinou um contrato de parceria comercial com os companheiros de banda enquanto estava vivo e que ela foi ludibriada a formar umaempresa com eles depois do suicídio dele, em 1994.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.