Escalada do Rock promove novas bandas

Quem não tem discos nem tampouco está entre aqueles privilegiados que podem exigir cachês milionários também terá sua vez na terceira edição do Rock in Rio. Na Tenda Brasil, um dos espaços dentro da Cidade do Rock destinados à música, oito nomes desconhecidos, entre eles, bandas e artistas, vão apresentar-se no festival de novos talentos, a Escalada do Rock. Durante sete dias de shows, eles vão também, além de tocar, concorrer. O vencedor tocará no palco principal, o Palco Mundo, e ainda ganha a produção de um CD.Segundo Jeff Bandeira, um dos diretores artísticos da Tenda Brasil e responsável pelo festival Escalada do Rock, a idéia é mostrar o trabalho de gente talentosa que não consegue entrar no mercado, seja em função da ausência de locais para shows de bandas novas ou os poucos espaços nas rádios FMs. "Já recebemos cerca de 400 inscrições de grupos e artistas muito bons nos gêneros pop e rock", conta. "Estamos fazendo contato com universidades, rádios comunitárias de todo o País e até as organizações de outros festivais, como o Fest Valda, para que colaborem com sugestões e divulguem essa iniciativa."Bandeira tem intenção de incluir definitivamente a Escalada do Rock no calendário dos principais festivais alternativos do Brasil. "Há uma facilidade por causa do espaço Rock Rio Café, que existe no Rio e em Salvador", argumenta. "Com esse impulso do Rock in Rio, queremos que a Escalada continue sendo mais um meio de divulgação para os desconhecidos."A primeira eliminatória do festival ocorreu hoje. Participaram dessa etapa as bandas Asa de Morcego (São Paulo), Banda Quarto Crescente (Rio de Janeiro), Supercrime (Salvador), Banda Os Carlos (Recife), Attitude Total (Niterói) e Iris de Seda (Sete Lagoas/MG).Para chegar até o número de oito finalistas, serão classificados previamente 72 participantes - e todos vão apresentar-se no palco do Rock in Rio Café. Esse processo dura em torno de 12 semanas. Após essa fase, 12 grupos (ou artistas) vão passar para a semifinal, que ocorrerá em duas etapas, com seis atrações por dia.A 2.ª eliminatória ocorrerá no dia 15. A maior parte dos classificados é do Rio, entre eles, Susanne Brandão, Tafari Roots, Bonde 77, Monica Tomasi e os Garibaldos e A Bruxa. A exceção fica por conta do grupo Elefunk, de São Paulo. As inscrições serão aceitas até o dia 31. Bandeira adverte que não há preferência pelos gêneros rock ou pop. Além disso, cada participante não pode ter disco lançado. Ele deve apresentar duas músicas gravadas, em fita cassete ou CD, uma delas cover e outra de autoria própria. Os interessados encontram mais informações e a ficha inscrição no site oficial: www.rockinrio.americaonline.com.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.