Eric Clapton se irrita com seu nome em garrafas de vinho

O único show de Eric Clapton na Nova Zelândia, parte da sua turnê mundial, quase foi suspenso devido à irritação do guitarrista ao descobrir que a Mission Estate Winery, empresa patrocinadora dos shows, uma conhecida marca de vinhos, pôs à venda uma série de bebidas com o seu nome.Segundo informa nesta quinta-feira a maioria dos jornais neozelandeses, aparentemente Clapton ameaçou não subir ao palco se a Mission Estate Winery não retirarasse de circulação a série especial.A patrocinadora não ocultou a "frustração" com a atitude do cantor e lembrou que rótulos promocionais são uma prática comum desde 1993, quando a empresa começou a organizar shows de artistas como Rod Stewart, Ray Charles e Kiri Te Kenawa.O show, realizado no sábado passado, atraiu mais de 20 mil pessoas. Clapton, de 61 anos, está na etapa da Ásia e Oceania da turnê mundial iniciada no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.