Eric Clapton recebe honra da rainha Elizabeth II

Eric Clapton deixou de lado seu "lado rebelde" hoje para se tornar Comandante da Ordem do Império Britânico. O compositor e músico de 59 anos descreveu a honra, entregue pela princesa Anne, filha da rainha Elizabeth II, em cerimônia no Palácio de Buckingham como "a cobertura do bolo" de sua carreira. Mas Clapton confessou que teria sido difícil aceitar a medalha em outro momento de sua vida. "Eu tinha um lado rebelde em mim", ele disse aos jornalistas depois da cerimônia. "Quando jovem eu não poderia aceitar isto. Eu era muito imaturo, era contra o sistema. Agora cresci e realmente considero isto como algo importante para dar um exemplo". Clapton, que venceu o Grammy oito vezes, estava acompanhado por sua mulher, Melia McEnery, que está grávida do terceiro filho do casal. Eles já têm duas filhas. Clapton, que se tornou Oficial da Ordem do Império Britânico, em 1994, ganhou fama nos anos 1960, como membro da Yardbird, antes de ser aclamado internacionalmente com a banda Cream. Ele gravou sua canção mais famosa, Layla, com sua banda Derek and the Dominos, e continuou sua carreira com diversos álbuns-solo de sucesso entre os anos 1970 e 1980.

Agencia Estado,

03 de novembro de 2004 | 13h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.