'Era um gênio', diz Marianne Faithfull sobre Lou Reed

Colegas músicos e amigos se despedem do guitarrista, morto hoje aos 71 anos

EFE

27 de outubro de 2013 | 20h23

Os músicos da banda The Who desejaram a Lou Reed, morto hoje aos 71 anos, uma "caminhada pelo lado pacífico", fazendo referência, no twitter, à canção "Walk on the Wild Side".

Já a cantora Marianne Faithfull, outra das musas da cena musical dos anos 60, relembrou Reed como "um grande amigo, um grande músicos, um grande escritor e um grande líder musical". "Foi um dos homens mais inteligentes que conheci e um grande guitarrista. Era um gênio", escreveu ela, no twitter.

O escritor Salman Rushdie, amigo pessoal de Reed, também recorreu às redes sociais para se despedir. "Meu amigo Lou Reed chegou ao final de sua canção, que triste. Mas veja, Lou, você sempre dará um passeio pelo lado selvagem da vida. Sempre será um dia perfeito."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.