Pedro Lázaro Fernández/Facebook
Pedro Lázaro Fernández/Facebook

Engenheiro de som dos Beatles, Geoff Emerick, morre aos 72 anos

Geoff foi responsável por grandes álbuns dos Beatles, como o renomado Sergeant Pepper’s Lonely Hearts Club Band

O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2018 | 01h49

Morreu nesta terça-feira, 2, aos 72 anos, em Los Angeles, Geoff Emerick, engenheiro de som de grandes álbuns dos Beatles. De acordo com seu empresário, William Zabaleta, Emerick sofreu um ataque cardíaco.

A notícia de sua morte foi divulgada pelas contas do engenheiro de som nas redes sociais e confirmada pelo empresário. Em um vídeo publicado no Instagram de Emerick, Zabaleta diz que eles estavam no telefone quando o amigo começou a passar mal.

“Ele teve complicações e derrubou o telefone. Eu liguei para a emergência, mas quando eles chegaram lá já era tarde demais”, disse. Segundo Zabaleta, Emerick sofria com problemas cardíacos há alguns anos e tinha um marca-passo. “Nós perdemos uma lenda e um melhor amigo para mim. Um mentor. É tudo o que consigo dizer no momento”, completou.

Carreira

Emerick se juntou ao renomado estúdio Abbey Road quando tinha apenas 15 anos. O engenheiro de som foi responsável por grandes álbuns dos Beatles, como “Revolver (1966)”, “Sergeant Pepper’s Lonely Hearts Club Band (1967)” e “Abbey Road (1969)”. Além da banda britânica, ele também trabalhou com Paul McCartney em “Band on the run”, em 1973, e nas parcerias do ex-Beatle com Michael Jackson – “Say Say Say” e “The girl is mine”.

Durante a sua carreira, Geoff Emerick ganhou quatro Grammys de “Melhor engenharia de som” por “Sergeant Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, “Band On The Run” e Abbey Road e o Grammy Técnico, em 2003.

Em junho deste ano, Emerick veio pelo Brasil pela primeira vez com o seu projeto Master Class Premium. O engenheiro de som ministrou aulas e deu palestras direcionadas aos interessados na área de som e mixagem em Porto Alegre. 

Mais conteúdo sobre:
Beatles

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.