Empresa de explosivos estuda processar Madonna

A empresa Explosia, fabricante do explosivo plástico Semtex, estuda processar a cantora americana Madonna por suposta infração de direitos de patente.Madonna fundou recentemente em Londres a sociedade Semtex Girls, o que, segundo Explosia, representa uma violação de uma marca registrada e avaliada em 4,5 milhões de euros, declararam hoje para meios de comunicação locais fontes da companhia."Madonna não nos pediu permissão" para utilizar o nome Semtex, acrescentaram as fontes, que anunciaram que a empresa daria instruções a seus representantes legais "para que ajam".A Explosia não descarta um acordo extrajudicial, como no caso da bebida energético Semtex, operação mercantil em que foram vendidos os direitos para fosse comercializado.A diva do pop Madonna aparece como diretora da Semtex Girls, sociedade cujos objetivos não especificou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.