Eminem paga para não ir à Justiça

Eminem entrou em acordo com o homem que foi ameaçadopelo rapper depois de dar um beijo de despedida em sua ex-mulher, Kimberly Mathers, no estacionamento de um bar. O músico vaipagar US$ 100 mil a John Guerra. Nenhuma das duas partesreconheceu a culpa no incidente, mas o rapper queria evitar queo caso chegasse à Justiça. Em junho de 2000, Eminem teve umadiscussão com Guerra do lado de fora do Hot Rock Sports Bar andMusic Cafe em Warren, Michigan, e o golpeou várias vezescom uma arma que não estava carregada. Por conta do mesmoincidente, ele está em liberdade condicional por porte ilegal dearma. O terceiro disco do rapper, The Eminem Show, chega àslojas dos Estados Unidos em 28 de maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.