Eminem lança o rapper 50 Cent

O mercado americano do hip hop especializa-secada vez mais na técnica de construir novos ídolos. Eminem eDr.Dre, dois dos maiores nomes do gêneros, lançam o rapper 50Cent, cujo primeiro álbum, Get Rich or Die Tryin ("FiqueRico ou Morra Tentando"), chega às lojas esta semana. Paraconseguir emplacar o artista, o esquema de marketing incluiaproveitar ao máximo os problemas dele com a lei; ter certeza deque ele faz declarações polêmicas na imprensa; e criar umaassociação com pelo menos um ídolo morto (neste caso, TupacShakur). Com o filme 8 Mile - Rua das Ilusões faturando US$ 163milhões até agora em todo o mundo, Eminem tornou-se uma forçaque agora tem de começar a dar frutos. Por meio de seu próprioselo fonográfico, ele começa a lançar outros artistas, sendo que50 Cent, relativamente conhecido no bairro nova-iorquino doQueens, foi eleito o primeiro. Para a sorte do esquema, o rapperfoi preso por posse ilegal de uma arma na noite do ano-novo,depois de virar o pivô de um briga de gangues rivais do hip-hopnova-iorquino. Entre ameaças e rumores, ele passou alguns dias na prisão e,enquanto estava por lá, aproveitou para gravar uma conversatelefônica com seu empresário. Um trecho foi parar em uma dasfitas mixadas que vêm sendo vendidas nas ruas de Nova York.Curiosamente, estes são tempos em que ações deste tipo nãoprecisam ser disfarçadas, e sim amplificadas. "Sou um gênio domarketing", disse o artista à MTV americana. "Estoucapitalizando o máximo que puder [com a prisão]." Enquanto o álbum não chega às lojas, vale gerar notícias comqualquer coisa que renda uma chamada. Há poucos dias, 50 Centdisse que está louco para ser apresentado a Mariah Carey e que acantora Ashanti deveria "aparar as costeletas e aprender adançar". O rapper está naquele estágio de fama em que toda aimprensa americana acha graça em divulgar afirmações destetipo. Outra estratégia é o já "batido" vazamento para a internet:a gravadora anuncia que o álbum vai chegar às lojas antes doprevisto, para tentar combater a pirataria na internet. A táticagera notícias, deixa os fãs felizes e faz o produto parecer maisaguardado do que realmente é. Assim, Get Rich chega àslojas americanas uma semana antes da data marcada. Ninguém tem dúvidas de que o álbum deve fazer sucesso. Aassociação com Eminem e Dr.Dre, por si só, deve garantir boasvendas e a inclusão de um DVD nas primeiras 500 mil cópias servede bônus para garantir uma entrada na parada da Billboard.Paralelamente, o DJ Whoo Kid finaliza uma faixa dançante em queo rapper faz rimas com Tupac Shakur, espécie de galinha dos ovosde ouro do hip hop, assassinado em 1996. O mesmo DJ conseguiuemplacar nas pistas a faixa The Realest, em que 50 Centfazia dueto com outro rapper morto nos anos 90, NotoriousB.I.G..

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2003 | 17h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.