Eminem começa o ano com o mundo pop a seus pés

Eminem firma-se cada vez mais como umaforça intocável no mundo pop. O rapper, que foi indicado a cincoGrammys esta semana, continua dominando a parada de discosamericana e agora anuncia o lançamento de uma marca de roupas.Enquanto isso, o filme 8 Mile: Rua das Ilusões, que aindanem estreou em vários mercados, já faturou mais de US$ 115milhões em pouco mais de dois meses nos cinemas americanos.O poder de vendas do polêmico rapper vem crescendo desde 2000,quando estourou com o álbum The Marshall Mathers LP. Mas em2002, ele consagrou-se e foi parar no primeiro lugar do rankingdos mais poderosos da música compilado pelo jornal Los AngelesTimes. Segundo a publicação, ele faturou US$ 158,3 milhõesapenas com a venda dos discos The Eminem Show (que teve 7,6milhões de cópias saindo das prateleiras e se tornou o álbummais vendido do ano) e a trilha sonora de 8 Mile (com 3,5milhões até agora, que passou cinco semanas no primeiro lugar daparada da Billboard).Não foi computada a bilheteria do filme (que tem estréiaprevista para fevereiro nos cinemas brasileiros), mas ele tambémembolsou US$ 7,5 milhões com a participação na turnê AngerManagement.Se os executivos da indústria do entretenimento já apostavamalto em Eminem, agora as estratégias ficam ainda mais sérias. Omercado sabe que o poder de vendas do rapper é um dos mais altosdos últimos tempos, então, em 2003, ele tem tudo para continuarreinando. O primeiro passo é uma segunda trilha sonora de 8Mile, que chega ao mercado em breve com mais músicasinspiradas pelo filme (cuja história se passa nos "primórdios"do hip hop moderno, em meados dos anos 90).A performance de Eminem na cerimônia do Grammy, no fim defevereiro, também pode representar um aumento ainda maior paraos discos The Eminem Show e as trilhas sonoras. Ainda há apossibilidade da entrada da fita pelo menos nas premiações maisjovens, como o Movie Awards, da MTV, e o Teen Choice Awards. Aarrecadação no resto do mundo e o lançamento em DVD também devemempurrar o artista para a lista dos mais ricos no final de2003.Em agosto, pouco antes da volta às aulas, as lojas devem receber os primeiros produtos da marca Shady, que vaireproduzir o look de Eminem nos palcos. Seguindo os passos deJennifer "J.Lo" Lopez, ele licenciou seu nome e estilo para aempresa Nesi Apparel, fundada por Victor Nesi, responsável pelabem-sucedida marca americana Bugle Boy. Segundo analistas domercado de moda, o potencial de uma grife associada a Eminem é"incalculável". O apelo do rapper está na antipatia que ospais dos adolescentes têm por ele.E para garantir novas fontes de renda mesmo quando estiversofrendo de superexposição, Eminem está produzindo outrosartistas para seu selo Shady Records (que lançou a trilha sonorade 8 Mile). Sua primeira grande aposta é 50 Cent, um rapperque já começou a chamar atenção por conta de uma briga comoutros grandes nomes do mercado. O selo ainda deve lançar esteano o disco do rapper Obie Trice e do grupo D12, do qual ele fazparte.

Agencia Estado,

09 de janeiro de 2003 | 14h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.