Theo Wargo
Theo Wargo

Eminem ataca lobby pró-armas dos EUA em show

Rapper cantou uma estrofe dedicada à Associação Nacional do Rifle, no começo da música 'Nowhere Fast'

O Estado de S.Paulo

12 Março 2018 | 21h19

O rapper Eminem denunciou duramente o poderoso lobby pró-armas dos Estados Unidos durante um show neste domingo (11) na cerimônia dos prêmios musicais iHeartRadio, em Los Angeles.

O americano cantou uma estrofe dedicada à Associação Nacional do Rifle (NRA, na sigla em inglês), no começo da música Nowhere Fast.

'Este país está todo ficando louco / e a NRA está no meio", disse Eminem. "São os responsáveis por toda esta obra / movem os fios / controlam a marionete", cantou.

 + Eminem revela participações do novo álbum

Nowhere Fast, cantada com a americana Kehlani, aparece em Revival, último álbum do rapper de 45 anos.

Outrora polêmico por seus comentários misóginos e homofóbicos, Eminem apresentou recentemente uma nova faceta como cantor engajado, atacando duramente Donald Trump.

+ Eminem detona Donald Trump em rap freestyle; veja

No ano passado, o artista de Missouri, região que votou majoritariamente em Trump em 2016, atacou o presidente americano em um longo discurso musical, acusando-o de ser racista e incompetente.

O músico continua na liderança de vendas de álbuns de rap.

+ Eminem desbanca Taylor Swift e alcança o 1º lugar das paradas dos EUA pelo oitavo disco consecutivo

Após a morte de 17 pessoas em um tiroteio em um colégio na Flórida no mês passado, um grupo de jovens sobreviventes lançou uma campanha para desafiar a NRA, a poderosa organização que se opõe fervorosamente à regulamentação das armas.

A campanha convocou a marcha Caminhar por nossas vidas em Washington em 24 de março.

Mais conteúdo sobre:
Eminem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.