Emerson Fittipaldi lamenta morte de George Harrison

O piloto brasileiro Emerson Fittipaldi divulgou hoje uma nota lamentando a morte do ex-Beatle George Harrison a quem definiu como "guerreiro" e "amante da vida". Fittipaldi lembrou que Harrison era um apaixonado pela Fórmula 1 e que se conheceram durante o Grande Prêmio da Inglaterra de 1973. "Passávamos férias com nossas famílias e sempre que ia a Inglaterra jantávamos juntos". Fittipaldi disse que em 1996, quando sofreu um grave acidente na Fórmula Indy, Harrison o visitou no hospital e compôs uma música. Fittipaldi também disse que, em agosto deste ano, passou três dias com Harrison em Lugano, na Suíça, onde o ex-Beatle mostrou algumas músicas que estava preparando para o que seria um último disco. "A doença o abatia muito, mas sempre, com seu espírito guerreiro, mostrava um amor impressionante pela vida. Sua esposa,Olivia, também foi sempre uma grande guerreira ao lado de George".Veja o especial sobre George Harrison

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.