Dean Lewins/AAP via AP
Dean Lewins/AAP via AP

Em funeral de Malcolm Young, Angus faz homenagem ao irmão

Cerimônia foi realizada em Sydney, na Austrália, e contou com amigos, familiares e ex-integrantes do AC/DC

Reuters

28 de novembro de 2017 | 17h06

SYDNEY - O guitarrista Malcolm Young, cofundador do AC/DC, teve seu funeral realizado nesta terça-feira, 28, na Austrália. Em uma cerimônia para amigos, familiares e figuras da cena musical, o guitarrista recebeu uma homenagem em uma solenidade na catedral St. Mary, em Sydney, marcada pela presença de antigos integrantes da banda.

+++ PLAYLIST ELDORADO: Ouça os sucessos do AC/DC

Angus, seu irmão caçula, depositou uma guitarra sobre o caixão, de acordo com a agência de notícias Australian Associated Press (AAP). Elogios fúnebres lidos pelo familiar Bradley Horsburgh e por David Albert, da gravadora da banda, provocaram risos e lágrimas.

Centenas de fãs ocuparam as ruas diante da catedral enquanto o cortejo deixava a igreja ao som de Waltzing Matilda, tocada por uma banda de gaitas de fole.

+++ Em luto, mundo do rock lamenta a morte de Malcolm Young

Young morreu no dia 18 de novembro, aos 64 anos de idade, depois de anos com problemas de saúde. Em um comunicado emitido após sua morte, Angus o descreveu como "a força propulsora da banda... um perfeccionista e um homem único".

+++ Veja os clipes dos 10 maiores sucessos do AC/DC

Ele tocou com o grupo pela última vez em 2014, mesmo ano em que sua família confirmou que ele estava sofrendo de demência. Famoso por sucessos como Highway to Hell, de 1979, e Back in Black, de 1980, o AC/DC entrou no Hall da Fama do Rock 'n' Roll em 2003. A banda já vendeu mais de 200 milhões de discos em todo o mundo e continua conquistando novos fãs.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.