Em DVD, Chico César mistura pop com elementos eruditos

Um ano após lançar o CD De Uns Tempos pra cá, Chico César surge com o correspondente DVD. Além das músicas do disco, o cantor e compositor paraibano, que também assina a direção musical, incluiu sucessos seus, como Mama África e À Primeira Vista, e deu nova vida a dois clássicos nordestinos, Asa Branca e Paraíba. Realizado no auditório Ibirapuera, em São Paulo, em abril, o show que deu origem ao DVD contou com a participação especialíssima - e fundamental para a dar ao trabalho sua ´cara´ - dos músicos do Quinteto da Paraíba, com seus dois violinos, viola, violoncelo e baixo. O resultado é uma espécie de concerto de câmara ambientado no sertão. O formato acabou agradando ao autor, que tinha "uma resistência danada" em gravar DVD. "Percebi que o show tinha muitos elementos plásticos interessantes, que dialogavam bem com a música apresentada", explicou Chico, citando os figurinos (de Cássio Brasil), a luz (de Marisa Bentivegna) e o cenário, em que se destaca o móbile de Mika Lins. Ele deu entrevista por e-mail, na semana passada, quando chegou de Portugal, onde se apresentou. A essência de sua relação artística com o Quinteto, conjunto que começou tocando só erudito e aderiu ao popular, ficou registrada, acredita Chico. "Desde a feitura do disco que a intimidade musical com o Quinteto só cresce. Ir para a estrada com eles pelo Brasil, a Argentina e a Europa tem acrescentado muito em nossa relação", contou. Do CD, foram incluídas dez músicas próprias, além de releituras, como Cálice (Chico Buarque/Gil). A conterrânea Elba Ramalho faz dueto no medley que juntou A Prosa Impúrpura do Caicó (de Chico) e Asa Branca (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira - de quem Chico também escolheu Paraíba). Nos extras, imagens de outros encontros, como o de Chico com Bethânia, em que ela A Força Que nunca Seca (de Chico e Vanessa da Mata) e Onde Estará Meu Amor (só de Chico). A parceira Ana Carolina também aparece, com Mulher Eu Sei (só de Chico) e Mais Que Isso (da dupla). O DVD traz ainda um curto documentário sobre o show.

Agencia Estado,

28 Novembro 2006 | 12h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.