Juan Medina/ Reuters
Juan Medina/ Reuters

Em documentário, Amy Winehouse fala sobre o medo da fama

'Não acho que vou ser famosa mesmo, não acho que aguentaria. Provavelmente enlouqueceria', disse a cantora; veja o trailer

Marie-Louise Gumuchian, Rollo Ross, Reuters

02 de abril de 2015 | 15h15

Um novo documentário sobre a vida da falecida cantora britânica Amy Winehouse mostra a ganhadora de seis prêmios Grammy discutindo na juventude seus temores a respeito da fama, revelou uma prévia do trailer divulgada nesta quinta-feira, 2.

Amy morreu em 23 de julho de 2011 de intoxicação alcoólica quase quatro anos atrás em sua casa em Londres, aos 27 anos, depois de lutar contra a bebida e as drogas durante boa parte da carreira.

“Não acho que vou ser famosa mesmo, não acho que aguentaria. Provavelmente enlouqueceria”, diz Amy em um dos momentos de AMY, que será lançado no dia 3 de julho e conta com filmagens e canções inéditos.

Dirigido por Asif Kapadia, que recebeu um prêmio Bafta pelo documentário Senna, sobre o piloto brasileiro de Fórmula 1 Ayrton Senna, AMY exibe Amy Winehouse ainda jovem cantando e sorrindo para uma câmera e falando sobre sua carreira, enquanto uma versão de seu sucesso Back to Black toca ao fundo.

Vista como uma das artistas mais talentosas de sua geração, os álbuns de Amy, com canções como Valerie, You Know I'm No Good e Rehab, venderam milhões de cópias.

“Nunca achei... que acabaria sendo cantora. Só achava ter sorte por ser algo que posso fazer, se quiser”, conta ela em outro trecho.

Tudo o que sabemos sobre:
MúsicaCinemaAmy Winehouse

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.