Yui Mok/AP
Yui Mok/AP

Em Buckingham, artistas cantam em homenagem à rainha Elizabeth II

Show que comemora jubileu de platina da monarca será aberto por integrantes do Queen com Adam Lambert e terá ainda nomes como Rod Stewart, Diana Ross, Elton John, Alicia Keys, Duran Duran e Andrea Bocelli

Anna Cuenca, AFP

04 de junho de 2022 | 12h41

O pop britânico, de Duran Duran a George Ezra, realiza um grande concerto neste sábado, 4, para o "jubileu de platina" da rainha Elizabeth II que, exausta pelas comemorações aos 96 anos, perderá o que mais ama: as corridas de cavalos.

Apaixonada pelo hipismo, a rainha deveria assistir, no âmbito dos quatro dias de comemorações, à 243ª edição da mais prestigiada corrida do país, o Derby de Epsom Downs.

Mas, depois de aparecer de pé, na quinta-feira, na varanda do Palácio de Buckingham para inaugurar os festejos por seus 70 anos de reinado, sentiu "algum desconforto", o que a levou a cancelar sua presença em uma missa de Ação de Graças na sexta-feira. 

Ainda cansada, também não comparecerá às corridas, confirmou a casa real mais tarde. 

Esta manhã, o palácio divulgou uma foto da rainha, com vestido florido, colar de pérolas e sorriso largo, participando de um encontro virtual com os ganhadores de uma prêmio na Austrália, membro da Comunidade Britânica.

A saúde da monarca gera preocupação desde que em outubro os médicos ordenaram que ela descansasse e mais tarde soube-se que ela havia passado uma noite internada para "exames" médicos cuja natureza nunca foi especificada. 

Desde então, cancelou sua presença em inúmeros atos oficiais e começou a andar com bengala. Também foi infectada com o coronavírus em fevereiro, o que em suas próprias palavras a deixou "muito cansada". 

Os cavalos são a grande paixão da rainha e durante os seus 70 anos de reinado só faltou três vezes ao Derby, a última quando em 2020 foi realizado sem espectadores devido à pandemia de covid-19.

Astros

Em um grande espaço em frente ao Palácio de Buckingham, três palcos foram montados ligados por passarelas para proporcionar uma experiência de 360 graus. 

Setenta colunas de luz, representando os 70 anos de reinado, iluminarão o local. 

Lá, cerca de 22 mil pessoas assistirão a um grande concerto pop organizado pela rádio e televisão BBC em homenagem à rainha. 

Quase 8 mil serão trabalhadores de setores-chave durante a pandemia, membros das forças armadas e voluntários de instituições de caridade, convidados em agradecimento por seus serviços. 

Participarão figuras icônicas do pop e do rock britânico, de Duran Duran a Rod Stewart, passando por Elton John, que enviará uma performance gravada em vídeo porque está em turnê. 

Também estarão presentes estrelas internacionais como a cantora americana Alicia Keys e o tenor italiano Andrea Bocelli

Membros da família real, incluindo o príncipe Charles, herdeiro do trono de 73 anos, e seu filho mais velho William, de 39 anos, representarão a rainha e prestarão homenagem a ela.

Os organizadores também prometem algumas surpresas. 

A tenista Emma Raducanu, o ex-jogador de futebol David Beckham, os atores Stephen Fry e Julie Andrews, também marcarão presença.

O show de mais de duas horas será aberto pelos integrantes ativos do Queen, junto com o cantor americano Adam Lambert, com um número que promete ser lembrado, como a histórica aparição do guitarrista Brian May no telhado do Palácio de Buckingham para o concerto do "jubileu de ouro" em 2002. 

O show será encerrado pela lendária Diana Ross, com a sua primeira atuação ao vivo no Reino Unido em 15 anos. 

"Tive a honra de ver a rainha muitas vezes ao longo da minha vida" e "ela continua sendo uma inspiração incrível para muitas pessoas ao redor do mundo", disse a americana.

As comemorações do jubileu, que começaram na quinta-feira com uma grande marcha militar, terminarão no domingo com mais um desfile, este mais festivo, para encenar os 70 anos de reinado com música e dança. E dezenas de piqueniques ao ar livre, se a chuva prevista nesse dia não o impedir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.