Elza Soares foi o grande destaque na música brasileira de 2015

Elza Soares foi o grande destaque na música brasileira de 2015

Cantora de 85 anos reassumiu o trono ao fazer disco com nova geração de músicos paulistas

Julio Maria, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2015 | 04h00

Em um ano muito movimentado e cheio de boas surpresas na música brasileira – Duda Brack, Dani Black, o novo disco de BNegão com os Seletores de Frequência, o novo de Tulipa Ruiz, o novo de Emicida, e vai por aí –, o trono foi de uma mulher com 85 anos e uma carreira que já poderia viver de memórias. Elza Soares perdeu um filho e teve problemas de saúde que a limitaram os movimentos, mas lá estava ela cantando as canções tensas e autobiográficas do álbum A Mulher do Fim do Mundo.

Disco e shows figuraram em todas as listas feitas de ‘melhores do ano’. O impacto foi mesmo grande. Elza, nas mãos de Guilherme Kastrup, Rômulo Fróes, Thiago França e Rodrigo Campos, canta músicas fortes como Maria da Vila Matilde, Benedito e Pra Fuder e faz crônica minimalista de um encontro casual na periferia com o afrobeat Firmeza? Inquestionavelmente, 2015 foi de Elza Soares. 

DESTAQUES:

Gil e Caetano

Os baianos fizeram uma turnê pelo mundo repassando suas carreiras de forma magistral. O encontro virou CD e DVD 

 

Gal Costa

Produzida por Marcus Pretto, Gal lançou um disco de impacto em sua carreira, Estratosférica.

Rock in Rio 6

O formato resistiu à crise e conseguiu fazer uma boa entrega. Resta saber como será em 2017

Tudo o que sabemos sobre:
Elza Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.