Elvis e Lennon batem papo na Internet

Conversar com artistas que já morreram é mais uma das novidades da Internet. Elvis Presley, por exemplo, dá plantão no site http:// elvis.Alicebot.Com, endereço no qual é possível trocar mensagens com o falecido rei do rock - e, de quebra, ouvir sucessos do cantor como Jailhouse Rock e All Shook Up em uma juke box virtual.Por mais bizarra que possa ser, não há nada de sobrenatural na história. Em sua "reencarnação" on-line, Elvis é, na verdade, um robô programado para responder a perguntas com uma miscelânea de frases recortadas de depoimentos e entrevistas do cantor e com algumas "liberdades artísticas" do programador, inseridas para dar um toque contemporâneo à fala de quem está ausente do planeta já há alguns anos.O robô falante, cujo nome em inglês foi abreviado para "chatbot", foi desenvolvido com o objetivo de atrair visitantes - e anunciantes - para os sites. Em entrevista à versão on-line do jornal inglês The Guardian, o Elvis virtual revelou que é fã das Spice Girls, que sua canção favorita é Suspicious Minds e que ele ainda é incapaz de resistir à comida dos fast-foods. Faz companhia a Elvis no além cibernético o John Lennon chatbot (http://triumphpc.Com/john-lennon), desenvolvido pela Triumph PC, de Washington. Ao Guardian, Lennon disse que não é lá grande admirador do Oasis e que, é claro, pensa em Yoko Ono o tempo todo.Naturalmente, os chatbots despertam polêmica. Para muitos, não passam de uma maneira de explorar ainda mais celebridades mortas - e envolver seus nomes em conversações estúpidas. Ante as críticas, o porta-voz da Triumph saca o manjadíssimo chavão: "só queremos homenagear nossos ídolos".

Agencia Estado,

05 de fevereiro de 2001 | 11h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.