Andrew Kelly/ Reuters
Andrew Kelly/ Reuters

Elton John convoca empresas de redes sociais para ajudar a acabar com estigma de HIV e aids

Cantor fez discurso durante série lançada em homenagem à princesa Diana

Marie-Louise Gumuchian, Reuters

08 de junho de 2018 | 19h28

Prestando homenagem à princesa Diana, o cantor inglês Elton John fez um apelo pelo fim do estigma que envolve HIV e aids em discurso nesta sexta-feira, 8, e convocou plataformas de redes sociais para dar mais ajuda.

Ao entregar o “Diana, Princess of Wales Lecture on HIV”, uma série lançada pelo National Aids Trust no Reino Unido em memória de sua patrona falecida, o músico relembrou quando Diana ilustremente trocou aperto de mão com um homem morrendo de aids em 1987 - uma época em que o estigma ao redor de HIV e aids era generalizado.

“Eu estou acostumado a colocar pressão sobre empresas farmacêuticas, eu estou acostumado a colocar pressão sobre governos, nós tivemos algum sucesso com ambos”, disse o artista de 71 anos, que tem sua própria fundação beneficiente para aids.

“A pressão agora precisa ser aplicada sobre as gigantes de tecnologia - não porque eu acho que elas sejam ruins, mas porque elas têm capacidade para fazer tanto bem.”


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.