EFE/EPA/JULIAN SMITH
EFE/EPA/JULIAN SMITH

Elton John completa 75 anos e lança uma nova versão do álbum 'Diamonds: The Ultimate Greatest Hits'

'Eu me sinto incrivelmente sortudo por, aos 75 anos, seguir amando tanto o que faço; sentir-me tão estimulado pela música e feliz de tocá-la, escutá-la e falar dela todos os dias', disse o artista

Agências, AFP

25 de março de 2022 | 08h24

LONDRES, REINO UNIDO - O astro do pop britânico Elton John completa, nesta sexta-feira, 75 anos e celebra com o lançamento nas plataformas de streaming de uma nova versão do álbum Diamonds: The Ultimate Greatest Hits.

O músico, cujo verdadeiro nome é Reginald Dwight, nasceu em 25 de março de 1947, nos subúrbios de Londres. Em 1998, foi condecorado cavaleiro pela rainha Elizabeth II por sua contribuição na música e seu envolvimento na luta contra a aids.

Em suas mais de cinco décadas de carreira, "Sir Elton" vendeu mais de 300 milhões de discos em todo o mundo.

"Não sou normalmente de olhar pra trás nem ser nostálgico, mas 75 anos são um aniversário muito importante", declarou o autor de sucessos como Your Song, Crocodile Rock e Candle In The Wind.

"Eu me sinto incrivelmente sortudo por, aos 75 anos, seguir amando tanto o que faço; sentir-me tão estimulado pela música e feliz de tocá-la, escutá-la e falar dela todos os dias", acrescentou o artista cuja ascensão à fama é contada no filme Rocketman (2019).

 


Elton John, que lançou uma turnê mundial de despedida chamada Farewell Yellow Brick Road (adeus, caminho de tijolos amarelos), garante que "a emoção de tocar ao vivo é tão fantástica quanto 50 anos atrás" e que tem "muito a transmitir para a próxima geração de fãs e artistas".

Para marcar seu aniversário, publica pela primeira vez nas plataformas de streaming uma versão remasterizada digitalmente - com a tecnologia de som envolvente Dolby Atmos - de seu álbum de sucessos Diamonds: The Ultimate Greatest Hits.

No ano passado, sua música Cold Heart, um duo com a cantora Dua Lipa, alcançou o número um da lista de singles no Reino Unido, assim como Merry Christmas, uma colaboração com Ed Sheeran lançada no Natal.

Conhecido por suas roupas excêntricas, o músico já havia iniciado sua turnê de despedida em 2018, com mais de 300 shows em três anos por todo o mundo, mas foi interrompido pela pandemia de coronavírus.

Depois, em outubro de 2021, teve que adiá-la por três meses devido a uma cirurgia no quadril. E em janeiro, cancelou duas apresentações programadas em Dallas, no sul dos Estados Unidos, após testar positivo para covid-19.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Elton Johnmúsicastreaming

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.