Elis Regina foi pioneira na televisão

Elis Regina foi a primeira cantora a usara TV como veículo para a música e, certamente a que o fezmelhor. Em 1965, ela venceu festival da TV Excelsiorcantando Arrastão, de Edu Lobo, dançando freneticamente eflertando com a câmera. Até então, as cantoras do rádio perdiampúblico por não saberem como exibir sua imagem. Elisensinou-lhes isso. Até morrer, a telinha foi sua parceira, comose poderá ver nas duas edições especiais do programa ArquivoN, que o canal Globonews exibe amanhã e naquarta-feira que vem, a partir das 23 horas.Há trechos dos programas Elis Especial, do iníciodos anos 70, dirigidos por Miéle e Bôscoli, com uso pioneiro demúsica e recursos de edição em clássicos como Aquarela doBrasil e Minha Namorada; quadros musicais doFantástico (entre eles O Bêbado e a Equilibrista eÁguas de Março, com Tom Jobim, em que a câmera, quieta,mostra o virtuosismo e a intimidade de dois grandes músicos); eo especial Elis Regina Costa Carvalho, de outubro de 1980,da série Grandes Nomes.A roteirista e editora dos programas, Cristina Aragão,viu quase 20 horas de imagens da própria Globo, onde Elisrealizou a maior parte de seus trabalhos televisivos. Miéle eIvan Lins, um dos muitos compositores que tiveram a carreiraimpulsionada por Elis, também dão depoimentos.Só ficou de fora o programa Dois na Bossa, da TVRecord, nos anos 60, apresentado com Jair Rodrigues, dos quaisnão se tem notícia de imagens. Em compensação, é comovente seudepoimento para o programa Mulher 80, em que ela diz o queespera da vida e dos filhos, ou sua emoção ao cantar Modinha, de Tom e Vinícius, só com César Camargo Mariano ao piano. Numtempo em que se faz música para vender videoclipes é fundamentalpara todo músico brasileiro aprender com Elis a usar a imagem afavor da música.Em homenagem à cantora, a Record abre seus arquivos,com imagens da intérprete, na sexta-feira, durante o programaFala Brasil, que vai ao ar das 20 às 21 horas. Já a TVCultura exibe no sábado, às 22 horas, o Especial Elis Regina,que conta com trechos da entrevista que ela deu ao programa VoxPopuli, em 31 de agosto de 1978, e números musicais do programaMPB Especial, gravado em 1973.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.